Sopa de Letrinhas

Maternal

PROJETO SOPA DE LETRINHAS.

 

“A apropriação da escrita é um processo complexo e multifacetado, que envolve tanto o domínio do sistema alfabético-ortográfico quanto a compreensão e o uso efetivo e autônomo da língua escrita em práticas sociais diversificadas. A partir da compreensão dessa complexidade é que se tem falado em alfabetização e letramento como fenômenos diferentes e complementares.”

O letramento na educação infantil se inicia no momento que a criança entra na escola. O contato com histórias, letras, números são no entanto peças fundamentais para que isso aconteça. As professoras do Infantil I, desenvolveram atividades relacionadas ao nome próprio da criança que é importantíssimo nesta fase de conhecimento e reconhecimento das letras. O nome próprio representa e identifica a criança em um contexto e fora dele.

A criança se sente “dona” daqueles símbolos gráficos e com certeza se interessa em aprendê-los. “A apropriação da linguagem escrita na Educação Infantil designa o processo educativo por meio do qual as crianças vão expandindo seus conhecimentos e suas experiências relacionadas à cultura escrita. Esse processo pressupõe situações de aprendizagem planejadas, sequenciadas, sistematizadas e desenvolvidas para que  incentivem a curiosidade, a exploração, o encantamento, o questionamento e o conhecimento das crianças sobre a linguagem escrita.

O nome próprio de uma criança é seu marco de identificação e, por isso, é tão valorizado por ela. É por esse motivo que este trabalho gera uma relação de identidade da criança com a escrita.

O objetivo maior do trabalho com a escrita do nome é fazer com que cada um se reconheça como um sujeito importante que possui um nome que é só seu, além de propiciar um início de alfabetização, afinal de contas estão aprendendo as letras de seu nome e estabelecendo relações com letras de outros nomes ou palavras do dia a dia.” Para a finalizar o projeto, as crianças puderam se deliciar com uma verdadeira sopa de letrinhas muito nutritiva.